STUHLBERGER

Aprenda como montar o seu próprio jardim



Aprenda como montar o seu próprio jardim vertical

Garantir um espaço verde, seja em casa ou em apartamento, transforma o ambiente, deixando-o muito mais aconchegante. Um jardim vertical é uma opção muito interessante para decorar a varanda, a cozinha ou mesmo o jardim de onde você mora e deixar esse cantinho muito mais funcional.

@Pinterest

Mesmo com pouco espaço é possível ter seu um jardim vertical na sua casa ou apartamento. Quer conferir como? Continue lendo esse post!

Como montar um jardim vertical

Como montar um jardim vertical

Como montar um jardim vertical

Os jardins verticais podem ser montados de muitas formas e com a utilização de diferentes materiais e são indicados para espaços compactos e apartamentos.

As próprias paredes servem de apoio para treliças de bambu, telas metálicas, estantes ou estruturas montadas com pallets ou reaproveitamento de madeira. Se não for possível montar uma estrutura na própria parede, você pode utilizar escadas para o seu jardim.

Independente da escolha feita, é importante que essa estrutura aguente peso, principalmente se você for dispor várias plantinhas ali.

Se você optar por um jardim mais convencional, os vasos devem acomodar as flores, plantas e hortaliças. Em qualquer loja especializada em jardinagem é possível encontrar vasos de diferentes formatos, tamanhos e confeccionados com materiais diversos.

Mas não se prenda aos padrões e deixe sua criatividade solta para inovar no seu jardim vertical! Qualquer recipiente pode comportar as suas plantas. Latas, canos ou calhas de pvc, caixas de madeira e potes de vidro são apenas algumas ideias que funcionam muito bem e dão um ar diferente para esse espaço.

@Pinterest

Para te ajudar com o seu jardim, separamos algumas dicas práticas de montagem:

  • Para fazer o transplante das plantas das embalagens que vem na compra, prefira os horários com sol mais suave, de manhã bem cedo ou no fim de tarde, assim as plantas não sofrem tanto a mudança de ambiente;
  • Se for utilizar algum recipiente diferente de um vaso, não se esqueça de fazer pequenos furos no fundo, para ajudar na drenagem da água. Coloque também uma camada de pedras no fundo do recipiente, para ajudar na escoagem e também para evitar que a terra que virá por cima vaze pelos furinhos;
  • Complete os espaços vazios dos recipientes das plantas com terra. Dê preferência para a utilização de terra adubada, para já ajudar na manutenção e saúde das suas plantinhas;
  • Adapte as plantas para a quantidade de luz que entra no local que você tem disponível para o jardim. Se no espaço bate bastante sol e durante todo o dia, prefira plantas que precisam de mais luz e são mais resistentes, como o aspargo pluma e a flor-de-coral; se o local não recebe luz solar direta, procure espécies que se adaptam melhor a essas condições, como samambaias, bromélias, cactos e suculentas.

Transforme seu jardim vertical em uma pequena horta

Além de decorar o seu ambiente, adicione mais algumas funcionalidades ao seu jardim com a escolha das plantas.

Temperos como salsinha, orégano, manjericão, alecrim, hortelã, tomilho e cebolinha são ótimos para esse tipo de espaço, pois crescem com cuidados simples e sem precisar de uma área muito extensa. Plantando essas opções no seu jardim, você sempre terá esses temperos por perto e o poderá utilizá-los no seu dia-a-dia.

@Pinterest

O plantio e ervas, flores e outras plantas no seu jardim vertical trará também outras funcionalidades, pois algumas espécies funcionam como repelentes naturais (como o alecrim, citronela, capim limão e lavanda) e algumas têm função de purificar o ar (é o caso da aloe vera, samambaias, gérbera e areca-bambu.

Quer ter mais ideias de jardim verticais para aplicar na sua casa ou apartamento? Confira no Pinterest da Stuh uma pasta recheada de referências para te inspirar a criar um cantinho verde em casa!